Home | Exames | P: | Punção lombar

Punção lombar

Tamanho da fonte: Decrease font Enlarge font
image A punção lombar serve para colher líquido encefalorraquidiano e administrar medicação ou contraste radiológico.

publicidade

A punção lombar é um procedimento médico, através do qual se colhe líquido encefalorraquidiano, contido na medula espinhal (dentro da coluna) e cérebro, para diagnóstico de alterações ou infecções neurológicas (cérebro) como a meningite. Também se realiza para introduzir medicamentos, na maioria tratamentos de quimioterapia, e produto de contraste em exames radiológicos.

 

Em situações em que há aumento da pressão no canal ósseo que protege a medula, meninges e raízes raquidianas (canal raquidiano), devido ao aumento de líquido, esta punção permite a descompressão através da drenagem de algum líquido.

 

Realização do exame

O exame demora 15 minutos, se não houver complicações ou problemas anatómicos no doente e não necessita de jejum nem preparação.

 

O doente é deitado e colocado de lado, com o pescoço dobrado para baixo e as pernas encolhidas (posição fetal). Em doentes obesos, o médico pode optar por colocar o doente em posição erecta. O médico palpa a coluna para encontrar a 4ª e 5ª vértebra lombar L4-L5) e faz a desinfecção desse local e zona circundante.

 

De seguida introduz a agulha de punção lombar no espaço encontrado entre L4 e L5. O líquido encefalorraquidiano drenado é colhido para um tubo esterilizado e enviado para análise.

 

Após a colheita, o médico retira a agulha e é feito compressão no local. Fica com um penso compressivo, devendo ser observado com regularidade para se verificar se há perda de líquido. Se houver deve avisar de imediato o profissional de saúde.

 

O líquido é enviado ao laboratório para exame citológico de forma a permitir ao médico determinar o diagnóstico. Em situações normais, o líquido é claro e transparente. 

 

Riscos do exame

A quantidade de líquido retirado no exame é pouco o que não vai provocar alterações no cérebro e medula espinhal. Pode provocar dor de cabeça (cefaleia) por um curto período, infecção e hemorragia (sangramento).

 

Referencias: Manual de Enfermagem: Exames Laboratoriais e Diagnósticos - Editora - Editora Nova Guanabara

Última atualização desta página:

Poderá querer ler também sobre
      

publicidade

   

Faça o seu comentário

cledina on 16/05/2009 02:21:24
avatar
gostaria de sber qual a quantidade de liquor que é colhetado.
Thumbs Up Thumbs Down
-1
Silvio on 23/10/2009 05:36:53
avatar
tive uma guillan-barré, e fiquei com a coluna debilitada e fragil gostaria de saber se tem haver com a coleta do liquor?
Thumbs Up Thumbs Down
-1
Maria Oliveira on 03/11/2009 16:55:21
avatar
Sr.ª Cledina, a quantidade depende do médico mas pode variar de 5 a 10 ml.
Thumbs Up Thumbs Down
0
Maria Oliveira on 03/11/2009 17:01:15
avatar
O guillain-barré pode provocar a fraqueza que sente.
Thumbs Up Thumbs Down
1
marise on 25/01/2010 12:06:53
avatar
Sou portadora de Esclerose Múltipla e já fiz por 2 vezes essa punção lombar,porém fiz antes de fechar o diagnóstico,gostaria de saber se preciso fazer novamente agora q já tenho o diagnóstico fechado e já tomo a medicação certa? se preciso fazer p/ algum tipo de precaução, pois faço a ressonãncia magnética do crânio anual justamente p/ ver se estacionou a doença, fico no aguardo, desde já obrigada!!!
Thumbs Up Thumbs Down
-2
benedito on 19/02/2010 13:15:10
avatar
Achei muito interessante a informacao sobre a puncao lombar,profundem mais a divulgacao de informacoes cientificas para a formacao do homem doptado de conhecimento. abraco
Thumbs Up Thumbs Down
1
Giancarlo on 08/03/2010 03:09:51
avatar
Meu pai possui SIDA e esta semana apareceu com um quadro de insônia por dias sem dormir, febre e ao fim dos dois dias perdeu a coerência, apesar de acordado ficou sem lucidez, apenas com reflexos esporádicos de lógica.. Foi levado ao hospital onde medicaram com sedativos pesados e remédios p controlar a febre. Por dois dias mantiveram ele incosciente, parando apenas com o sedativo no 1ºdia, o que não o fez recobrar os sentidos (ainda está dormindo.. por dois dias) até que após cobrar com mais ênfase fizeram a punção.. onde foi detectada uma infecção q até agora n explicaram bem.. o médico prescreveu os medicamentos e aguardo ele recobrar a consciência.. Escrevo do hospital.. Gostaria q me informasse se essa dita infecção na medula pode ser a real causa dos primeiros sintomas ou se devemos procurar outra causa... Grato pela informação.
Thumbs Up Thumbs Down
0
Maria Oliveira on 08/03/2010 20:42:37
avatar
Giancarlo, a punção lombar serve para diagnóstico de alterações ou infecções neurológicas (cérebro) como a meningite. A infecção pode dar essas alterações todas. O líquido depois de analisado dá o antibiótico correcto para a infecção.
Thumbs Up Thumbs Down
0
Isadora on 22/05/2010 19:35:23
avatar
A anestesia é local?
Thumbs Up Thumbs Down
1
Maria Oliveira on 24/05/2010 23:46:45
avatar
Isadora, se o médico optar por dar anestesia, esta é local.
Thumbs Up Thumbs Down
1
1 2 3 next 25 1 - 10
  • email Enviar a um amigo
  • print Versão p/ impressão
  • Plain text Texto
  • Plain text Acompanhe o Conhecer Saude no Twitter




Info do(a) Autor(a)
image , concluiu Curso Superior de Enfermagem em 1996 e a Licenciatura em Enfermagem em 2001. Fez em 2003 o Curso Inicial de Formadores e renovou em 2008. Editora do Conhecer Saúde.
Health On the Net Foundation


Publicidade